Posts com Tag ‘Pressionar a sorte’

Comece vendo o vídeo!

KING OF TOKYO – O JOGO

(mais…)

Anúncios

Chegar até ali foi mais do que complicado. Foi uma coleção de erros que resultou em atrasos, perdas de material e desistência de parte da equipe. Ali, diante daquele impressionante conjunto de construções que pulsavam uma noção indescritível de proibida antiguidade, a expedição esqueceu-se dos problemas.

A montagem do acampamento ocorreu em um clima quase frenético, tal era o excitamento presente em todos para iniciarem a exploração. Com o perímetro definido e limpo, as barracas foram montadas enquanto os líderes da expedição discutiam sobre a melhor rota para pesquisar. Os mapas não eram de grande utilidade, então optaram por uma estratégia segura: verificar primeiro as entradas mais próximas, deixando o maior templo por último. Nem todos concordaram – eram uma equipe na viagem, porém esta era formada por times vindos de locais diversos, representando interesses próprios, assim havia disputa pelas melhores descobertas.

Todos avançaram pelo portal rachado, afastando a vegetação que tomara o local tanto antes. Restavam marcas fascinantes da civilização que florescera ali, registros quase apagados pelo tempo. Esse foi o foco da atenção da equipe, ao menos até que as primeiras gemas foram encontradas. Houve discussão sobre quem deveria guardar as joias. Adiante, mais tesouros, em particular um pequeno ídolo, feito de ouro e rubi. O bate-boca ficou perto de chegar às vias de fato. Decidiram-se por manter a relíquia onde estava, apanhando-a no retorno – foram vários os resmungos quando desta resolução.

Após um deslizamento de pedras em uma passagem lateral, alguns se entreolharam. Nenhum desistiu. Numa área inundada do corredor haviam cobras venenosas – passar foi um desafio, porém todos mantiveram-se firmes no propósito de encontrar o que mais estava escondido ali. Quando o túnel mostrou-se barrado por teias de aranha, algumas do tamanho de uma mão aberta, os exploradores pararam e começaram a conversar até que notaram que um dos times escapulira do templo logo após as cobras. Mais de um reclamou e fez troça sobre a coragem dos que fugiram. Mais de um, sim, mas não todos, pois também mais de pegou-se desejando ter sido ele a regressar.

A ganância os empurrou adiante até que um novo deslizamento os pegou em cheio. Fugiram de lá como foi possível, deixando para trás tudo o que fora até então coletado. Fora do templo viram o sorriso irônico do time que saíra antes. Aquilo estava longe de terminar bem para todos.

INCAN GOLD – O JOGO

Imagem por l10n0fjudah

(mais…)