Posts com Tag ‘Marcos Macri’

– Com licença, senhor, por favor, com licença – a médica falava de um modo calmo, controlado, o que, para bom entendedor, significaria que ela estava prestes a entrar em um frenesi de fúria.

– Um minuto, senhora – pediu o atendente do guichê que, claramente, não era um bom entendedor.

– Você pode ir para o seu lugar na fila e esperar a sua vez? – perguntou, de forma retórica, um executivo, vestido de terno e gravata, que, até um momento anterior, estava falando com o atendente.

– Rapaz, você sabe quem eu sou?

– Não quem, mas o quê, sim: uma fura-fila.

– Eu sou uma médica! – esbravejou a mulher, subindo nos tamancos metafóricos. – E tenho assuntos importantes na cidade, mas estou presa aqui!

– Moça, moça – interrompeu o executivo, usando as mãos para conter as palavras da mulher. – Fale para quem se importa. Se eu não dei lugar para a vovó ali atrás, não é você que vai entrar na minha frente.

– Então, senhor, realmente não sei o que aconteceu – interferiu o atendente, folheando páginas presas em uma prancheta com cara de quem não faz ideia do que está escrito ali, e, sem querer, ele provavelmente impediu um assassinato. – Realmente retiramos as malas erradas e depois as colocamos nos vagões errados.

O executivo sorriu.

– Não, não. Até aí eu entendo. Se fazem isso num aeroporto não vão fazer numa ferroviária de quinta categoria? O que eu quero saber é por que diabos a minha mala foi mexida e depois meus pertences foram misturados com os de outros passageiros? Foi uma aposta, um trote, o quê? Cadê a câmera escondida?

O atendente olhou o executivo, a médica que não dera um passo sequer para trás, e além deles a fila de mais dez pessoas esperando a vez, todos com um problema similar e igualmente inexplicável.

– Ah, dane-se – falou o executivo. – Vou ligar para o meu advogado. Quanto custa mesmo um trem?

Os outros onze começaram e falar ao mesmo tempo e lançar ameaças parecidas. E ainda não era nem meio-dia.

VIAJANTES – O JOGO

Imagem por DrGrayrock

(mais…)

Anúncios

Pássaros é um jogo onde os participantes representam fotógrafos correndo pelas regiões do Brasil para conseguir fotos de pássaros e aves (o manual do jogo explica a diferença de um tipo para outro, eu não farei isso aqui, de agora em diante são tudo aves – para não repetir com o nome do jogo).

Dados gerais:
– Designer: Marcos Macri;
– Arte: Diego Sanchez (logo), John Souza (arte original) e mais um pessoal para a arte adicional;
– Indicado para maiores de 8 anos;
– Dura cerca de 50 minutos (nas partidas que joguei e testemunhei, no modo básico, o jogo dura cerca de 30 a 40 minutos);
– Acomoda de 2 a 5 jogadores (no modo avançado, é de 2 a 4 jogadores).

(Capa do jogo)

(mais…)

Olá!

Aviso que as impressões abaixo, como dito, são as primeiras, com base em uma partida em 4 pessoas.

OVNI

Ovni é um jogo interessante, com um excelente sistema de aquisição de cartas. Basicamente o jogo ocorre assim: cada um representa uma raça alienígena atacando a Terra. Existe, dentro de cada raça, quatro divisões de especialidades: os Pilotos, os Abdutores, os Construtores e os Militares. Os Pilotos movem as naves entre as cidades; os Abdutores, como o nome indica, abduzem pessoas; os Construtores fazem naves e as lançam na Terra; e os Militares atacam as outras raças, matando membros delas ou destruindo naves. A rodada de jogo ocorre em duas fases: na primeira, vê-se quem tem mais Militares (em caso de empate, quem tem mais Construtores, daí quem tem mais Abdutores e, por fim, quem tem mais Pilotos), com base nesta ordem, ocorrerá os lances pelas cartas. (mais…)