Posts com Tag ‘Jogos de negociação’

Ganhar a vida no campo não é algo simples: saber o que plantar é tão importante quanto saber quando colher. Haverá chuva este ano? Será preciso descansar o campo ou mudar a plantação? E, mais importante de tudo, alguém tem um feijão azul?

Azul?? Amigo, fique comigo que você já irá entender.

BOHNANZA – O JOGO

(Cortesia de yayforme)

Pois bem, antes do Uwe Rosenberg decidir que jogos simples são para os fracos, ele fez um jogo de plantação de feijões chamado Bohnanza. Agora, é uma plantação que ocorre em alguma propriedade rural na França em que há 8 tipos de funções diferentes na fazenda para escolher e 32 tipos de prédios para construir e levar os feijões da terra até a mesa do consumidor final (e por consumidor final eu quero dizer, meeples famintos, claro)? Não.

É um jogo de coletar conjuntos de cartas. Cada jogador tem dois campos (é possível comprar um terceiro, mas considere que como base usarei dois campos nos exemplos) e plantar é preciso. Acontece que o fazendeiro que o jogador interpreta tem déficit de atenção, assim, só com muito controle uma plantação chega a encorpar como deve.
(mais…)

Anúncios

As naves cobriram a vista e eram tão numerosas e brilhavam tanto quanto as estrelas. Havia ali, claro, a presença de frotas de outras raças – vermes carniceiros, todas elas.

O Comandante-Chefe olhava a mesa de comando, observando os movimentos e avaliando as opções disponíveis. O chamado por auxílio encontrara algumas respostas – alianças oportunistas, é verdade, mas estavam ao lado deles, pelo menos. O Comandante desejava estar melhor preparado, mas contava com um trufo, caso fosse necessário.

O especialista de comunicações informou ao Comandante: “Mensagem captada e traduzida, Comandante. Logo estará na tela.”

A imagem da tela sumiu e foi substituída por um cinza claro que logo adquiriu cores e foi renderizada para exibir a forma inchada do General Bárbaro. O som demorou um pouco mais para sair dos altos-falantes: “Sem negociação”, foi a única frase. Os oficiais da ponte olharam o Comandante, em expectativa.

A réplica do General à mensagem do Comandante era esperada. E era por isso que ele esperava que sua carta na manga fosse o suficiente.

“Comandante, os sensores indicam elevação súbita nos níveis de energia”, avisaram-no. Os canhões de próton foram ativados, então.

O Comandante inspirou e depois ordenou: “Desliguem os escudos de ocultamento e reforcem os campos de nulificação. Chefe de Armas?”

“Sim, senhor?”

“Dê a ordem para ataque total.”

As cartas, afinal, estavam na mesa.

COSMIC ENCOUNTER – O JOGO

(Cortesia de slith)

(mais…)